sexta-feira, novembro 11, 2005

Jornal do Crimideia: Pe. Nuno S. Pereira em Tribunal

Começa a sistematiza-se a perseguição à livre expressão. Desta vez é o Pe. Nuno Serras Pereira que vai responder em Tribunal por num artigo publicado num Jornal regional. Nesse artigo, o Pe. Nuno põe a nu as relações pouco claras da vanguarda caceteira da APF (Associação de Promoção das Fodas, perdoem-me o vernáculo)com os lobbies das farmaceuticas produtoras de materiais abortivos. Realce-se que a APF é generosamente subsidiada pelos nossos impostos para explicar aos nossos filhos, explicitamente, que há várias alternativas na orientação sexual para além das naturais (ditas heterosexuais ou, na prática, homofóbicas) que reputam de antiquadas e castradoras. Que pena não ter sido no meu tempo de liceu; se calhar ainda me tinha calhado uma ou outra aula prática com uma inesquecível professora de História. Claro, porque as sapatonas frustradas da APF nem com almofada...

Começa de facto a ser extremamente inquietante a conivência do Sistema com organizações que mais não são que pontas de lança de interesses pouco claros em que a ideologia niilista se associa com os mais desbragados interesses capitalistas. Ou então, organizações fantoches como o SOS Racismo cujo comportamento e postura até dá vontade aos mais entranhada e convictamente não racistas virarem racistas.

E a Comunicação Social, com a sua cúmplice cortina de silêncio, lá os vai ajudado a moldar a opinião pública através da hegemónica e tirânica opinião que se publica...

Pela Santa Liberdade, lutar, lutar até vencer....

1 comentário:

F. Santos disse...

Diagnóstico infelizmente certeiro, caro Engenheiro.