domingo, outubro 15, 2006

Tirem-me deste filme!

Não me arrajam um emprego na Patagónia ? Quero ir-me embora deste lodaçal em que se transformou Portugal.
Acabei de assistir, por pressão familiar, a uma peripatética passarelle da fina flor do entulho a promover uma votação para escolher o Mário Soares (ups!), perdão, uma qualquer personagem como O Grande Português. Não vá o diabo tecê-las, para aliviar a desconfiança na manipulação dos resultados, vá de inventar um areópago para escolher o melhor de entre os 10 mais votados. Uma sincrética colecção da jacobinagem reinante com aflorações dos lobbies gay tudo botou faladura e ferradura.
Poster imagético da função, a Elisa de Beirut, pois claro!, culturalmente conhecida pela sua cogitação sobre qual a razão para a realização dos festivais wagnerianos na capital do Líbano(para além das precoces incursões cinéfilas no Meco).
Já não há pachorra, quero ir-me embora...

2 comentários:

matahari disse...

parabens pelo blog, força.
Matahari

Camisa Azul disse...

Temos é que ficar cá a dar-lhes cabo do arranjinho.